sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

Caquinho Lehmkuhl de Arruda - 5 anos de adoção!

 Que emoção ler o relato da Bruna, mamis dele, depois de anos. Pedi licença para copiar e colar aqui esta alegria, que compartilho com vocês, abaixo. AUgradeço!


"Cinco anos de Caquinho Lehmkuhl de Arruda!

Hoje faz cinco anos que eu cheguei de uma viagem e encontrei um cachorro na minha cama. Naquele dia te olhei, ainda assustado, e te falei: “prometo que nunca mais vou deixar ninguém te fazer sofrer” e hoje eu reforço a minha promessa, com ainda mais convicção!

O Caco é o cachorro mais engraçado e carinhoso que eu já conheci. Ele é muito especial e encheu a nossa casa com ainda mais amor. 

O Caco é aquele cão que, não importa o quanto de comida já tenha comido, sempre vai tentar comer a dele e a da irmã. Por isso ele normalmente está acima do peso, dizem que o charme dele é ser gordinho.

O Caco é aquele cão que, quando contrariado, começa a uivar reclamando e faz a casa cair na gargalhada.

O Caco é aquele cão tão apaixonado por bolinhas que aprendeu a jogar a bolinha pra ele mesmo ir buscar. Quando alguma pessoa que ele gosta chega em casa ele fica maluco procurando a bolinha pra levar pra pessoa, porque já que bolinhas são “tão legais”, a pessoa também vai ficar muito feliz. E fica. Ele conquista qualquer um rapidinho.

Quando o Caco chegou aqui em casa ele subia no sofá pra fazer xixi, porque queria qualquer tipo de atenção, mesmo que fosse bronca. Eu morria de medo de a mãe querer devolver ele por esse comportamento, mas não tinha como, ele já tinha conquistado todo mundo.

Caco é o melhor nome pra descrever ele, graças a @bsfbel que quando foi me ajudar a escolher um nome falou “ele tem cara de Caco”. E tem mesmo. A frase mais falada aqui em casa é “mas tu és um Caco mesmo”.

O Caco chegou na nossa família quando, numa fase muito difícil no hospital, a minha mãe me prometeu: “quando saíres daqui eu vou te dar um cachorro”, e ela não vai gostar dessa parte, mas eu passaria por tudo de novo pra ter o meu Caquinho comigo!

O Caco é um cão muito feliz, pelo menos nos últimos 5 anos que morou com a gente foi. E nos próximos também será, isso eu garanto.

Caco, obrigada por tanto! Nós te amamos muito e te amaremos nossa vida todinha! Você é muito especial, queremos passar muitos anos ao seu lado. Parabéns meu pequeno! 10/12 vai ser sempre muito especial por aqui. Eu sou a mãe de PET mais feliz desse mundo."




quinta-feira, 3 de junho de 2021

Repetindo: cartazes importantes!

 Gente do céu!
Dois meses sem escrever, mas o instagram continua firme, diariamente, segue a gente 
@ficacaomigo
Enfim, tenho que contar sobre 2 adoções maravilhosas, lar de apoio e um monte de trabalhos de gente bacana da causa animal, mas com tempo...

Os 2 cartazes abaixo são MUITO importantes mesmo. Se puder compartilhe! 

 AUBRAÇOS!!!


quinta-feira, 1 de abril de 2021

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Adoçao dos gatinhos da querida Ana, em Floripa!

          

O texto abaixo é meu. Ana estudou com minha filha, Camila. Sempre foi uma pessoa do bem, sensível, educada. Sentimos muito sua ida tão prematura. Ficaram os gatos que ela tanto amava e agora está rodeada de tantos que ajudou. Se meus cães aceitassem, eu pegaria alguns, mas aqui não dá.😟


terça-feira, 26 de janeiro de 2021

Amber, 4 anos da sua adoção!

A gente ama receber fotos dos adotados! Sempre. É incrível como alguns adotantes sabem todas as datas. Hoje a @mari saccani, uma anja que apareceu na vida da Amber, me lembrou que completa o 4° aniversário dela, na família. E que família! Como Amber teve cinomose, seria difícil doar, mas a Mari não pestanejou e escolheu essa linda. Grata por isso.

Amber me deu trabalho e muitas crises de choro, por causa da possibilidade de perde-la, algumas vezes, mas valeu a pena. Uma sobrevivente!


No nome dela, acima, você pode ver as postagens antigas, resgate e adoção. Vamos as fotos e video👇💖





terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Com ou sem pet? Lindas ilustrações!

Tivemos uma grande perda neste inicio de ano, por isso não escrevi mais. Tempos tristes. Por sorte ainda temos vários anjos com asas nas orelhas.
Olhem que lindos quadrinhos abaixo e me digam se isso não é uma verdade. Não tem autoria, mas vimos na página @diarioespirita, do instagram. Amei!