domingo, 15 de abril de 2018

Vai comprar um filhotinho?

Olhando meus emails antigos, achei este caso, de 2012. Acreditem, a situação está pior e o comércio, só aumentando. Autoria do texto, no final. Muitos países estão proibindo severamente o comércio de venda de pets. Aqui no Brasil continua cada vez mais firme e forte, infelizmente. Precisamos conscientizar as pessoas que este comércio aumenta MUITO os cães na rua, os abandonos e maus tratos!
" Vai comprar um filhotinho? 
Será que não vem do criadouro citado abaixo?
Ou será que de onde vem não é igual?
Vida não é mercadoria! Adote.


Cães resgatados de criadouro clandestino no Capão Raso em Curitiba

Em ação conjunta de protetores independentes do grupo Salva Bicho,
Polícia Ambiental, Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), Rede
de Proteção Animal de Curitiba e Sociedade Protetora dos Animais de
Curitiba (SPAC), um criadouro clandestino com 56 animais que
funcionava no bairro Capão Raso em Curitiba foi fechado em 12 de julho
de 2012.

 ...Voluntários independentes do grupo Salva Bicho foram ao criadouro no
dia anterior demonstrando interesse em adquirir cães de raça e
filmaram cães doentes, debilitados, em local insalubre e confinados,
muitos em caixas de madeira com frestas e buracos para respiração.
Alguns eram mantidos em canis também inadequados... 

Entre as raças haviam bulldog, poodle, shitsu, lhasa apso, cocker, pequinês, beagle, york shire e basset hound.

Não havia condições para adequação e 52 animais foram resgatados do
local. Um filhote de poodle com doença respiratória e um cocker cego
com problemas de locomoção foram encaminhados para atendimento em uma
clínica particular sob a responsabilidade do Salva Bicho. Um bulldog
com disfunção gastrointestinal e um shitsu com problemas nos olhos
foram encaminhados para a SPAC e atendidos pela Dra Andreza Campos.
Cinco filhotes e duas cadelinhas foram para um lar provisório
atendidos e sob a responsabilidade da Dra. Gilmara da Paula da Luz da
SPAC. Os outros cães foram para um hotel com as despesas por conta do
Salva Bicho. Alguns serão encaminhados do hotel para lares provisórios
nos próximos dias. Laudos veterinários dos animais atendidos serão
encaminhados a DPMA.

 A Rede multou os responsáveis em R$ 5.000,00 e não poderão mais procriar ou comercializar animais.

 Um dos responsáveis pelos animais foi conduzido a DPMA e assinou   Termo Circunstanciado por crime ambiental. 

A SPAC é responsável legal por todos os animais resgatados e os animais que puderem ser submetidos a cirurgia serão castrados e assim que a justiça liberar, serão
encaminhados para adoção.

Devido a divulgação deste caso pela imprensa, muitas pessoas entraram
em contato com a DPMA a procura de animais de estimação levados de
seus lares. A DPMA estará auxiliando na possível identificação e
comprovação que algum destes animais sejam um animalzinho procurado.

Mais uma vez chamamos a atenção para a crueldade por trás da venda de filhotes, onde os pais em sua maioria vivem uma vida de solidão e confinamento, são utilizados até não conseguirem mais procriar por idade avançada ou problemas de saúde e então são descartados...

Soraya Simon, Sociedade Protetora dos Animais de Curitiba
www.spacuritiba.org.br


--
Os animais do mundo existem para seus próprios propósitos. Não foram feitos para os seres humanos, do mesmo modo que os negros não foram feitos para os brancos, nem as mulheres para os homens. 
(Alice Walker)
Grupo Fauna, Ponta Grossa PR
Não recolhemos e/ou tratamos animais. Não mantemos abrigos.
Não temos clínica veterinária ou quaisquer funcionários.