quinta-feira, 22 de março de 2018

Lola foi para uma experiência de adoção.

Uma das filhotinhas que eu estava cuidando desde outubro, a Lola, foi para uma experiência de adoção. Demorou para ser colocada para adoção porque ela tinha que estar bem de saúde, castrada e vacinada. Isso leva algum tempo. A gente cuida e faz tudo do nosso coração e bolso, portanto temos o direito de doar para quem a gente quiser e nos parecer adequado. Nem sempre a gente acerta, mas a gente se esforça. E é muito justo que a gente escolha, já que a gente que cuidou. Quem quiser, pode fazer o mesmo que eu - pegar, cuidar e adotar, se quiser, mas se eu resgato, eu decido para a casa quem meu anjo vai. Se houver o mínimo de risco de fuga, ou de correntes e vida em canil, não posso deixar ir. Considero adoção uma coisa MUITO séria e para SEMPRE, portanto, acho saudável conceder um período de experiência. Acredito que uma relação de 15, 20 anos, deve ter um período de adaptação, dos 2 lados.
Não seleciono adotantes pela classe social, mas sim pelo tipo de pessoa, se é amorosa, cuidadosa, responsável, por aí. As vezes a gente se engana, mas fazendo uma boa entrevista e levando na casa da família, as chances de acertar são maiores.
Esse compromisso com a felicidade de um cão resgatado e cuidado com carinho, é fundamental. Não adianta resgatar e doar para qualquer um, sem nenhum critério, né?
Sou sempre grata a quem opta pela adoção, ainda mais quando se trata de cães de raça natural. Nas fotos, enviadas pela família, Lola está com caminha e brinquedinho novos, presente dos novos pais. Espero que dê tudo certo. Sim, tenho dó de separar as maninhas, mas assim as coisas são... nem sempre o ideal acontece, mas Lola vai se adaptar, e a Maninha, também. O que ambas precisam agora é de muito carinho, para superar a ausência uma da outra e muita energia positiva para que sejam felizes, cada uma com suas vidas. É muito difícil conseguir doar 2 cães juntos, a gente até tenta. Por exigir isso com Fred e Totó, eles nunca tiveram uma família, mas isso renderia outro post, só falando deles.Tudo é muito filosófico em se tratando de bem estar e proteção animal. Voltando à Lolinha, quando a adoção for confirmada, farei outro post dela com sua família 💕