sexta-feira, 5 de maio de 2017

Já reparou na quantidade de animais "perdidos" ? Leia tudo, abaixo, e tenha muito CUIDADO!

Muitos animais "não se perdem, nem fogem" . São abandonados, longe de casa, por algum membro da própria família, ou vizinhos, que não gostam do animal! Pensem de novo, com cuidado!

Numa família grande, ou terrenos com mais casas, pode acontecer com mais frequência, por isso consulte TODOS, ao doar um animal. Se a família da frente não quiser, as chances de "esquecer" o portão aberto, é imensa!
E tem outros casos, horríveis, como esse: -"Esposa tinha 2 cadelinhas que amava, lindas, de raça, sendo adestradas. Foi viajar. Quando voltou, o marido, do qual ela era dependente, foi buscá-la no aeroporto, com um lindo carrão. Presente de grego, pois durante a viagem ele doou as cadelinhas para um casal "de fora". Ela nunca mais soube delas e ficou com o carro entalado na garganta, em prantos!" 😢 Essa história é real e me foi narrada pelo adestrador das meninas. Espero que ela tenha se livrado desse infeliz. Sim, isso também acontece. Especialmente com quem diz: cachorro é cachorro, significando sempre "coisas sem importância" . Fique atento/a aos sinais. Cães também são punidos por um dos cônjuges, quando o casal briga. Enfim, atenção é tudo e salva vidas!