sexta-feira, 15 de julho de 2016

Cães de raça abandonados - York Shire

A história da Lili, por Bruna Barcelos, de Joinville/SC, que era Lar de Apoio, mas acabou adotando  e fez à ela esta linda promessa:  
"Não posso mudar seu passado, mas a partir de agora, sua vida nunca mais será a mesma. Você terá sempre uma família, caminha, carinho, comida boa, cuidados e alguém que te ame incondicionalmente. Farei de tudo que estiver ao meu alcance para você viver bem e feliz, para sempre e até o fim." 

Lili foi encontrada, em péssimas condições de saúde, em 2014. A pessoa que a tirou da rua e pediu ajuda, contou que ela era de  um criador clandestino, "os fundo de quintal". Uma história mal contada, mas fato é que ela teve muitas crias, estava muito mal cuidada e com a saúde extremamente debilitada. Isso logo ficou evidente para os médicos veterinários. Ela tem várias cicatrizes de cesárias, uma em cima da outra, cortadas de qualquer jeito, além das mamas murchas e grandes, falta de dentes, problema nos pulmões etc.  Ou seja, foi usada, por toda sua vida para ter crias e mantida em péssimas condições, como a maioria,  visando apenas lucro. Isso ainda é comum e será, até que tenhamos fiscalização e punições severas aos criadores! Certo mesmo seria ninguém COMPRAR VIDAS, pois vidas não são mercadorias! 

Texto da Bruna:
"O que veterinários e protetores chegaram a conclusão, diante do estado de saúde  e idade dela, foi que quando começaram a surgir os problemas devido as condições que foi criada e pela idade - uns 8 anos - foi descartada.
 
NÃO SERVIA MAIS... Eu a recebi como lar temporário e, junto com uma amiga, iniciamos o tratamento, uma série de exames e cuidados extremos, por estar muito debilitada.



Devido falta de dentes e sem forças para nada, sua comida era apenas papinha. Também tinha dificuldades para andar, passando assim a maior parte do tempo em sua caminha, sem contar no cheiro forte de carniça que ela tinha, seu tratamento é feito até hoje. Ela tem problemas sérios no pulmão, mas hoje é uma senhorinha feliz. Quando resolvi adotar a Lili tinha consciência  de que, infelizmente, eu não poderia mudar o início e uma boa parte da sua vida, mas fiz aquela promessa à ela e, claro, estou cumprindo."















CASTREM SEUS CÃES DE RAÇA e nunca comprem, por favor!