sábado, 19 de setembro de 2015

Se puder, ajude o BAMBI?

É, não tá fácil prá ninguém. Muito menos para os anjos com asas nas orelhas e para protetores. Especialmente os que, hoje, tem dezenas de animais porque alguns humanos infames abandonam e/ou devolvem, tratando animais como mercadorias! É só abrir o Facebook - que de bom tem o fato de ter escancarado o que sempre existiu - que a realidade bate na alma de quem tem uma. Sempre que puder, ajude protetores e jamais peça ajuda sem dar contrapartida. Seja consciente e justo! Como o título avisa, este post é um pedido de ajuda. Quem me acompanha sabe - raramente eu faço pedidos desta ordem. E o motivo está aqui, a foto do anjo, de 13 anos, e a conta, abaixo, que está em aberto, na Clínica, esperando doações. 

Quem mora em Floripa pode ir direto na Clinica 3 irmãos da Luiz Delfino e colocar um crédito em nome do BAMBI ou, se preferir, pode depositar no Banco do Brasil, agência 4428-8; conta 378.995-0 em nome de Anita Petry. Qualquer valor ajuda.



Apesar da conta do banco ser a minha, o Bambi é da protetora Kátia Carlota Pimentel que me ligou aos prantos quando ele quase morreu, semana passada. Ele está com problemas renais e ficou internado 4 dias e tudo sai tremendamente caro, como podem ver detalhado na conta, transparente, como eu gosto. Imaginem uma pessoa que tem 50 animais ter ainda que pagar uma conta dessas... Eu também tenho minha dezena, em ho$$$pedagens, que oneram bastante o orçamento, pois não existe nenhuma ho$pedagem que não cobre e quem trabalha tem que receber, é justo, mas é injusto que o estado se omita e a conta recaia em quem já ajuda e faz muito! Ando muito desgostosa das pessoas que não castram e vendem, contribuindo SIM com o número cada vez maior de animais nas ruas. Por isso muita gente se afasta da causa... Bem, agradeço de coração por qualquer ajuda.  O Bambi precisa da gente!