quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Minha família canina e sobre o tempo

Ou falta dele.
Fiquei fora de Floripa por duas semanas, por isso o BLOG anda tão abandonado e sem novidades. Minha filha foi estudar em outro país e as duas  mocinhas dela estão comigo também. Estou cuidando de cinco, dos meus e dos dela e isso requer tempo. Exceto o Nemo, o primogênito, todos foram tirados da rua ou de maus tratos e evidente que são TODOS castrados. 
Voltando as netas, preciso dizer que aqui em casa elas ficam muito mal educadas, pois eu mimo, tentando superar a ausência da Camila. Mas o pior é que elas não se dão muito bem com os meus. O Nemo mesmo,  não se dá com ninguém, exceto a Fiona, que ama de paixão. Na verdade, o Nemo, que está com 13 anos e vive doente, já não se dá com ninguém. Gosta de gente e de caminha, de qualquer uma, ou seja, todos têm que sair quando ele resolve que é ali que ele vai dormir. Ou descansar. E ele descansa bastante, mas primogênitos têm algumas regalias... 
Enquanto fiquei viajando a Luana Paola, que os conhece ha 5 anos e é protetora em SPO, ficou aqui no apto cuidando deles(tadinha) e bateu algumas fotos, que compartilho. Por estar meio fora da rotina, não tenho escrito, mas a família é linda, né? 
 As filhas
 
As netas