terça-feira, 30 de junho de 2015

Nino virou estrelinha


Adri Medeiros  colocou hoje, no Facebook,  uma despedida para seu Nino, tão bem cuidado e amado, que compartilho abaixo. Adotantes que sabem o valor de uma vida são uma benção prá gente. Obrigada Adriana Medeiros e Adriana Branco por todo amor, cuidados e respeito com a vida que lhes foi confiada! GRATIDÃO!
Ontem meu "filhinho" patudo, Nino, partiu para o céu dos animais. Deixou um vazio imenso, mas também muitas alegrias e momentos fofura. Foi meu maior companheiro, amigo e minha sombra. Por onde eu andava, ouvia 6 passos, os meus e os dele, sempre junto de mim. Agradeço o carinho da minha família, Annita Petry e sua filha Camila Petry que o resgataram das ruas e me abençoaram com a vinda dele, a querida veterinária Aline Laus, que também o amava e o tratava com muito carinho. Deixo um resumo da vinda do Nino para a minha vida. O amor permanece.





**********************************************

Um pouco da história dele:

Nino foi resgatado pela minha filha Camila, num dia extremamente frio (2 graus), na cidade de Caxias do Sul/RS. Segundo os moradores do bairro ele era de um cara que o deixou ali, na rua, e ele ficou. Para onde iria? Disseram que ele tinha uns 10 anos. Era todo encurvado, do frio, como se vê nas primeiras fotos,  na primeira semana do resgate. Parecia corcunda, mas era por causa do tempo que viveu encolhido, passando todo tipo de dor, na rua. Ele era um POODLE TOY, tão lindo mas, como a maioria, NÃO para sempre. Envelheceu - rua! Fico pensando como pode isso?, e agradeço todos os dias pela conscientização forçada que as redes sociais estão promovendo. Tá ruim? Já foi pior, só que a gente não via.



Tem pessoas que AINDA acreditam que eles não sentem frio ou calor, ou pior, dor. A falta de informação é um mal imenso para o mundo. Por ignorância, muitos seres sofrem demasiado.   Mostramos o NINO, como era antes da Adriana adotar, para que vocês vejam a sorte que ele teve, no fim da vida, que eu achava que seria menos de 1 ano. Até disse isso para a Adriana no dia da adoção. Ela sabia que estava adotando um anjo idoso e com problemas de saúde. Sempre é bom  jogar limpo com adotantes. Muitos viram nossos amigos queridos, como no caso presente. E assim nascem novos protetores, também, por meio da adoção. Eu adoro trazer pessoas para abraçar a causa, como aconteceu comigo: Um dia o olho abre! Enfim, Nino teve sorte de encontrar a Camila, esse anjo lindo que Deus me deu, no seu caminho para ele poder ser adotado e conhecer o amor. Nino foi "importado"  para Floripa na época do casamento do Príncipe William e sua Kate, daí a Juliana Sell fez um cartaz para ele e o batizou. A cadelinha que foi resgatada com ele, no mesmo local e dia, foi adotada pela Camila. Ganhou o nome de KATE, mas essa é uma outra história, para outro post.  Vá em paz NINO, e Adriana's, MUITO obrigadaaaaaaaaaaa
 Aqui um cartaz super bem bolado, feito pela protetora Solange Fenika, com fotos dele. Podem compartilhar a vontade. É a realidade.