quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Simples assim!

Cartaz maravilhoso, sem créditos.
 É impressionante como as pessoas se descartam de vidas
 como se fossem um objeto. Muito triste isso. 
Se não puder cuidar, não tenha.