sexta-feira, 11 de julho de 2014

Gente medonha X gente maravilhosa. O mundo e suas contradições!

O entendimento sobre ter um animal de estimação não é o mesmo para muitas pessoas. Algumas esquecem a "ESTIMA" e a "COMPANHIA", que deveria ser o principal motivo para você adotar um animal, seja qual for.

Perto do meu apartamento tem uma casa com 2 labradores. Embora a inquilina tenha me dito que são castrados, nunca vi NINGUÉM brincar, fazer carinho ou passear com eles. Eles vivem completamente sozinhos, faça sol ou faça chuva. Uma vez por dia limpam a área e colocam comido. E só. Hoje fez uma semana que nem isso fazem. Tá cheio de cocô no quintal de lajotas. Tão triste! Como não estão maltratados não há o que fazer, embora eu já tenha conversado sobre o assunto com uma vizinha deles, para ver se adiantava. Não adiantou.
Assim como muita gente não conversa com os filhos, muita gente trata os animais que escolheram para partilhar a existência, com uma negligencia cruel. É uma escolha egoísta demais. Ter um ser para ignorar? Para quê? Nem com 100 anos conseguirei entender essas maldades. Semana passada fui levar a Léka  uma adotante Não, ela não ficou. Esnobou o cachorrinho da família, mas este é outro assunto. Como eu falava, na casa da possível adotante, enquanto conversávamos, a cadela da casa vizinha veio espiar pelo muro. Grandona e muito fofa. Querida e super carente. Acreditem: a casa tem uma cerca elétrica para evitar que a cadela chegue na área onde as pessoas ficam. Impressionante, né? Pessoas de posse, bairro chique ... Pobres anjos! 

Mas, como eu adoro ser portadora de boas novas, o desabafo acima é para que o elogio abaixo seja valorizado como deve. Não são muitas as pessoas no mundo que sabem ou merecem ter um PET. É com orgulho que compartilho as fotos da Lica Schefferde Floripa. Eu não a conheço pessoalmente, mas seu album é uma delícia aos olhos. Tenho excelentes adotantes que me mandam as mais lindas fotos mas estas da Lica, com seu Calvin, tinham que ficar registradas aqui. Adorei! Parabéns pelo companheirismo e pelo coração. E obrigada por permitir a publicação.
Todas as fotos deste post são de propriedade de Lica Scheffer.