quinta-feira, 24 de julho de 2014

Correntes? Tá brincando, né?


Ando tão cansada de ver como as pessoas se recusam mudar e evoluir. Acho que uma das piores coisas do ser humano é a arrogância, que sempre vem atrelada à ignorância. Aliás, não se livrar das ditas tradições é uma burrice sem tamanho! Pessoas novas querendo contruir abrigos, não bastasse o problema que os já existentes enfrentam, e outras achando NORMAL manter animais em gaiolas ou acorrentados, em pleno 2014, me choca! Fico muito indignada com tudo isso! Por que estas pessoas não ouvem as mais experientes ou não buscam o conhecimento sozinhas, pesquisando, apenas? O texto abaixo copiei do Facebook da Patrícia Bali, atual Diretora do Instituto É o Bicho. Vale a leitura. Excelente! Se eu, que já tenho uma certa idade, pude mudar um monte, porque via o mundo de maneira equivocada, por que um jovem não pode? 
TODOS PODEMOS E DEVEMOS MUDAR, pensando e se colocando no lugar dos outros.  Animais sentem como nós!
Boa LEITURA. A lei que nos liberta.





O ser humano deve constantemente revisar seus conceitos, seus hábitos, reciclar-se; 
Nada, nem ninguém, deve cristalizar-se.
Deve além de tudo, conseguir ouvir uma opinião adversa, diálogos e debates são saudáveis, ouvir os argumentos e argumentar com coerência... se não tiver argumentos, deixar sua arrogância de lado, e pensar se o outro realmente não tem razão. É obrigação de todos auxiliar as pessoas para que consigam crescer... iluminar os cantinhos escuros de cada um é o que amigos de verdade fazem, o tempo todo...

O que tínhamos como certo ontem, hoje, a qualquer momento, pode deixar de sê-lo. 

Antigamente, era certo escravizar. Hoje esta idéia nos deixa perplexos.

Há algum tempo nem se falava em não comer carne por exemplo, hoje o número de ovolactovegetarianos sobre a cada dia... e agora ele já não nos basta isso, queremos o veganismo, que seria a única opção saudável para a harmonia de todos os seres e para a sobrevivência do planeta...



Hoje, com tudo o que se fala, com todas as informações disponíveis sobre bem estar animal, corrente em cachorro não é natural muito menos saudável. 

Natural e saudável é o bicho correr livre, num pátio seguro, sair passear, correr nas ruas e parques sempre acompanhado e com guia!


Uma pessoa de mente aberta, ouviu uma idéia diferente da sua e concordou, que realmente deve ser triste, estressante para o cão viver preso, mesmo que por alguns momentos, resolveu criar um pátio telado em seu novo sítio para seu cão ficar em segurança e mais feliz quando ele não estivesse por perto. 

Outra pessoa, mais instruída,ouviu a mesma sugestão e sentiu-se extremamente ofendida, e como se já não bastasse ter um cão vivendo nesta situação, quer mais um? Como um filhote vai se desenvolver feliz numa corrente? Mesmo com 3 metros?

Só por que seu cão tem vida de rei quando a pessoa retorna a noite pra casa, com direito a mimos, colos e caminha dentro de casa, não quer dizer que as 12 horas que passa preso todos os dias sejam felizes. 

Mais: esse cão deve rezar todos os dias pro pitbull ou rotweiller do vizinho, ao fugir, não passar por ali. Estando preso, num pátio aberto, como se defenderia? 
Ah é, seu socorro chegaria dali algumas horas.

Tele seu pátio; se não tiver recursos, tele uma parte dele. Dê segurança ao seu bichinho, afinal, alguns metros de tela com reforço embaixo pra evitar fugas, abrigo e um portãozinho...nem isso ele merece?

Todo cão merece ser feliz!