sexta-feira, 11 de abril de 2014

A Bruna do Maurício...


Gosto de  histórias felizes! Quando resolvi fazer o BLOG, foi também para ter um lugar onde pudesse contar para as pessoas que é possível ajudar e como fazer também além de ter um registro dos casos dos anjos resgatados. Hoje vi o relato do Maurício Varallo sobre a saudade de uma cadelinha que ele retirou da rua, cuidou por 8 meses, e depois doou. Todos nós temos histórias como essa e nosso coração se multiplica para aguentar tanta saudade, dedicação e carinho. A gente se apega - É inevitável - mas impossível adotar todos... 
Se você quiser contar algum resgate seu e autoriza a publicação no BLOG, mande email com fotos para ficacaomigo@gmail.com
Linda sua Bruna, Maurício! Entendo bem o que você sente.

Por Maurício Varallo




"Essa é a Bruna, uma cachorra que resgatei na entrada da Vila Aparecida, uma favela de Floripa. Na foto, nem aparece tanto sua magreza, mas era só osso. Pelos e ossos. Pelos, aliás, caindo em tufos. Uma infecção intestinal grave, que a fez ficar internada na clínica por dias. Ficou 8 meses comigo até encontrar o adotante certo. Muito certo, a melhor adoção que eu poderia promover. Quando a levei para que ela e o adotante (previamente conhecido e aprovado) se conhecessem, ela saiu cheirando todo o lugar. Depois de uns 20 minutos de conversa minha com o adotante, perguntei à Bruna, que estava uns 20 metros distante: "quer ficar com ele, Bruna?" Sequer apontei o dedo ou olhei para o adotante. Mas ela imediatamente se aproximou dele, oferecendo-se para receber um carinho, num comportamento raro comigo e inédito com um estranho.
Claro que eles não entendem as palavras. Mas alguma coisa eles captam. Hoje me emocionei relembrando dessa história. E bateu uma saudade dela..."