terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Hoje é o Dia Internacional dos Direitos dos Animais


 Cartazes de O Cantinho dos Animais

Olhar Animal. Texto publicado na ANDA.

Que os humanos evoluam...

"Hoje o mundo comemora o Dia Internacional dos Direitos Animais, paralelamente ao Dia Internacional dos Direitos Humanos – o que faz que seja um dia pelos direitos de todos os animais. Será um dia de manifestações por todo o mundo, em países como Brasil, Reino Unido e França, com manifestações, vigília, panfletagem e demais ações de rua.

O 10 de dezembro começou a ser celebrado como um dia por direitos desde 1948, quando, nessa data, a Assembleia Geral das Nações Unidas ratificou a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Desde 1998 o dia também tem sido dos animais não humanos, com ações de vigília em vários continentes do mundo.

A batalha nesse dia tem sido pelo reconhecimento da Declaração Universal dos Direitos Animais, em campanha encabeçada pela ONG Uncaged e assinada por inúmeras ONGs pequenas, médias ou grandes de países como Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, Chile, Estados Unidos, França, Alemanha, Hong Kong, Itália, México, Rùssia, África do Sul e Suíça.

A data de hoje não é de comemoração, mas sim de luta, para que a situação de escravidão a que os animais não humanos são diariamente submetidos seja combatida e abolida algum dia. Pecuária, pesca, vivissecção, rodeios, vaquejadas, touradas, “fur farms”, “fábricas de filhotes”, tração animal, são muitas as atividades que hoje escravizam e matam animais mas ainda são aceitos pela maioria das pessoas nas sociedades humanas ao redor do planeta.

Você também pode participar desse dia e fazer com que haja no mais breve possível o primeiro Dia Internacional dos Direitos Animais realmente comemorado e festejado. Torne-se vegano e junte-se a alguma entidade de ativismo abolicionista animal, lute pelos animais você também. Só assim os animais poderão “comemorar” esse dia, marcado pelo esforço humano em fazer que os direitos deles sejam enfim reconhecidos.

E, acima de tudo, juntemos a luta pelos Direitos Animais humanos e não humanos. Afinal, as mais variadas violações dos Direitos Humanos são influenciadas ou mesmo causadas por violações dos Direitos Animais, o que solidifica a convicção de que libertação animal também é libertação humana."

Fonte: Robson Fernando de Souza – anda.jor.br