quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Notícias da Jade, pós amputação...

Jade passa bem, graças a torcida de todos e claro, do carinho da Vet. Tati Evangelista, que fez a anestesia inalatória e está cuidando do pós operatório dela. Quem realizou as 2 ultimas cirurgias dela (a retirada de um pino, colocação da placa e a amputação) foi o Vet Ortopedista Daniel (que é conhecido da protetora Kátia Carlota) e ambas as cirurgias foram realizadas na Clínica 3 Irmãos do centro, dentro de um rigoroso protocolo cirúrgico. Não foram cirurgias simples, especialmente a colocação da placa que foi uma tentativa de faze-la recuperar a perninha, que já estava muito comprometida. Abaixo fotos de antes e depois da placa entortar, com imagens de Raio X, para facilitar a compreensão do que foi realizado. Ela está bem, aparentemente, a base de morfina. Passei de tarde na clínica mas não quis vê-la pois ela poderia se agitar - ela é muito apegada e espoleta...Daqui a cinco dias vem para o apto para eu continuar a trata-la mas espero poder doá-la, sinceramente...Agradeço o apoio e  carinho de todos. Darei novas notícias na semana. 







Fique boa logo, JADE querida!

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

JADE precisa de uma corrente de energia em 29/08...

Neste verão a protetora Kátia Carlota me ligou pedindo ajuda para que duas cadelinhas, que latiam muito, fossem tiradas de sua casa pois os vizinhos estavam reclamando muito e ela já não sabia mais o que fazer. Como eu estava na praia e a Kátia me sensibilizou,  peguei a Jade e uma outra cadelinha, que ficava no mesmo canil que ela. Nina foi para a casa de uma adotante minha e eu fiquei com a Jade até a mudança se concretizar.
O verão passou, voltei para o apto,  e coloquei Jade numa ho$$pedagem, aguardando a mudança da Kátia. Bem, estava tudo indo bem até a a Jade prender a pata num banco, na ho$pedagem, e fraturar a tíbia. Daí começou o calvário dessa cadelinha linda. Depois de vários procedimentos que em nada ajudaram na sua recuperação, muito trabalho e pouco resultado, o que era uma simples fratura acabou se tornando uma fratura exposta e complicadíssima e com risco de morte por infecção...um horror! Claro que acabei trazendo-a para meu apto para cuidar da pobre.  Até hoje  Jade já passou por 5 procedimentos cirúrgicos, sendo que o último (placa com pinos e enxerto ósseo),  se tivesse dado resultado,  ela estaria completamente boa em 10 dias, no máximo. Só que a Jade não conseguiu que seu organismo formasse um calo ósseo e acabou danificando a placa, causando mais desconforto e dor para a pobre anjinha.
Agora, só amputação mesmo, que será amanhã, às 14 horas. Ela e eu estamos apreensivas e pedimos que vocês rezem e/ou mandem  boas energias para esta menina cheia de vontade de aproveitar a vida! Espero também que, mesmo com 3 perninhas, alguém a adote...depois de tudo, ela MERECE uma família. Sei que é raro doar cães assim mas estou escrevendo também por isso: quem sabe alguém se sensibiliza e a adota? Contamos com a torcida de todos para que dê tudo certo nesta que, espero, seja a última cirurgia dela. Algumas fotos abaixo tiradas em 22/08, praticamente curada, já pisando (timidamente)  no chão: 
 Bem folgada, deitadona no meu sofá... Estava super bem!
 


Como ela já estava apoiando o pé, sem o respaldo do "calo ósseo" que não se formou -assim eu entendi- a placa acabou virando e ficou assim como as fotos abaixo mostram. Olhem que pecado e que agonia... e  lá vamos nós para mais uma cirurgia, mais sofrimento, mais curativos, mais despesas. Só espero que seja a última. Mas aprendi uma coisa: Só tratar CASOS DE FRATURAS com Veterinários que tenham especialidade em ORTOPEDIA, mesmo que seja mais caro pois o barato pode sair caríssimo e, dependendo do cão, se for muito agitado, como ela, melhor amputar mesmo, infelizmente. Depois vou colocar as fotos dos Raios X, para vocês entenderem melhor o caso. Rezem/torçam por ela? Obrigada.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Exemplo do Peru, para o mundo imitar!




Uma ideia tão simples mas que demonstra o respeito para com nossos amigos que foram abandonados e, por isso, moram nas ruas. Reafirmo que não existem "cães de rua" mas sim os que foram,  POR ALGUM HUMANO, abandonados. Adorei. Considerando que moramos num pais tropical, deveria ser obrigatório... facilita até para quem passeia com seus pet`s! Parabéns!

Não brinque com a saúde daquele que você diz que ama e vacine,  anualmente. Cinomose mata!

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Evento de Adoção em Floripa, neste sábado.

Duas Ong`s de Floripa se uniram em prol dos patudinhos. Compareça, nem que seja para dar uma forcinha aos protetores? É amanhã. Divulgue? Obrigada! 

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

EBA! Toscana adotada!


Em primeiro de setembro de 2012 tirei esta foto a direita, foi o dia que levei a Toscana e o Snow  para castrar e a conheci. Eu seria apenas madrinha de castração mas, depois de conhece-la ficou difícil não se preocupar com ela... Ela morava ali na costeira, tinha uma dono mas vivia na rua catando comida, magrinha... Dois dias depois a Rosa Elisa me contou que ela estava com os pontos, andando pela área, meio abandonada, como vivia. Resolvi assumi-la e a coloquei numa ho$pedagem para que ficasse em segurança.
Demorou mas, semana passada, doei a querida Toscana! Quase 1 ano ho$pedada! Ela se tornou uma linda cadela e agradeço a Madalena, da hospedagem, que cuidou dela durante este tempo. Toscana é um amor de cadela e ganhou um irmão de 11 anos, imenso. Imenso mesmo pois ela já é considerada porte médio/grande, imagina...

Bem, a família da Toscana adora animais e seus donos têm muito amor  e consideração pelos pet`s. Tanto que a casinha que construiram para os gatos fez muito sucesso no Facebook, no dia que coloquei no mural - olhem nas fotos o capricho! Os cães também têm uma casinha e, preocupados com o bem estar do grandão, a água é colocada num tronco mais alto. Bem pensado! O respeito à eles é uma coisa que quem quer adotar realmente deve ter. ADOREI tudo e me impressionei de ver um cão daquele porte, com 11 anos e correndo feliz pelo quintal. Divido com vocês as fotos do dia da adoção e hoje estive lá também e a adoção foi confirmada. Enfim....depois da adoção dela (que me animou!) já resgatei mais duas, a Papoula e a Hebe... assim seguimos e vamos as fotos:
Toscana conferindo a casa dos gatos, que é enfeitada no Natal (dir). Por dentro é tudo pensado para eles, com mezanino, potes de barro, caixa de higiene, um luxo e construída pela própria Terezinha Vaz,  que também é uma doceira de mão cheia!

 Já pulando na Terezinha e o maninho olhando...aproximação de leve,  né?  
 


Que sejam bem felizes esse dois!


quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Lindo filme. Ainda resta uma esperança...

Este filme está rolando há semanas na rede. Boas ações são sempre dignas de nota. A gente SEMPRE pode fazer alguma coisa. LINDO!     

                         

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Gente fina é assim...

Não abandonam os seus filhos caninos pois vão ter bebês. Ao contrário, posam com eles. Chique né? E lindo! Quem sabe algumas pessoas aprendem com o exemplo da realeza? Parabéns ao novo príncipe e seus pais pela atitude de mostrar ao mundo que não tem nenhum problema deixar suas proles perto de animais. 







segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Adote ou apadrinhe a Vovó OMA ? (adotada)

Cães idosos me comovem. Pessoas idosas me comovem. A velhice deveria ser a idade em que tudo de bom e do bem  que você fez,  seria recompensado. Idosos deveriam poder descansar e ter dignidade na vida para esperar o final dela tranquilamente. Já é uma fase difícil - na penúria é muito pior! Hoje me deparei com o album da Vovó OMA no perfil da Angela Poliana. E chorei. O mundo não é justo.  Daí liguei para a Jane, a protetora mais atribulada da ilha, que está com ela por uma semana, até se recuperar da castração e da sarna. Ela foi castrada pois, apesar de "não pegar cria", como disse a senhora que mora no bairro, ela entra no cio e ela fica com pena dela, com todos aqueles cães em cima... Daí a Jane pegou para castrar e tratar, como ela sempre faz com os animais dos bairros carentes, mas depois do pós operatório, devolve no local. Se ela começar a ficar com todos, inviabiliza o trabalho de castração, pois nunca tem voluntários em número suficiente. Então a Vovó Oma voltará para o bairro dela...tão carente que a Cães Para Adoção Jane  levou esta bacia para dar um pouco de conforto à ela, e que ela adorou - e roubaram. Ela é MUITO, muito, velhinha. Eu já estou com 10 animais, fora os meus e também pago ho$pedagens e os outros protetores estao na mesma, todo mundo sempre LOTADO pois não param de abandonar!!! Então resolvi pedir aqui,  à alguma alma caridosa que pague hospedagem para esta fofa até o final da vidinha dela. Custaria R$ 220,00 por mês, enquanto ela viver. Não sabemos quanto tempo, mas ela não deveria voltar para esse lugar. Precisa de comida e uma casinha para descansar até São Francisco chamá-la. Se tiver uma caminha quentinha ela mal sai do lugar, então, tudo que precisa é de um cantinho e uma casinha, em algum quintal, com comida. Você pode ajudar? Até domingo estará bem e deveria voltar... NÃO deixe vovó OMA voltar? Conto com todos. Escreva para ficacaomigo@gmail.com ou ligue 48.99619169 se puder ajudar. Obrigada

Soube do caso pelo perfil Adote Um Patudo Floripa, abaixo:
"Vovó Oma vive em uma comunidade muito, muito carente. Ela não tem parte da mandíbula, é velhinha e não sobreviverá por muito tempo caso precise disputar comida com cães mais jovens. Vovó Oma não pediu pra nascer, não quer saber de luxo, não quer saber de mansão, ela só quer um cantinho tranquilo para passar seus últimos anos de vida. Ela sabe que não tem muitas chances de adoção, porque as pessoas não pensam nos animais quando decidem adotar, elas pensam nelas mesmas. Geralmente os animais que mais precisam de adoção, encalham e morrem sem saber o que é ter um lar. Vovó Oma não tem muita esperança de mudar de vida, mas a gente tem! Acreditamos que alguém dará a ela o final de vida digno que ela tanto merece. Já está castrada e vacinada. Para ser seu lar temporário ou para adotá-la, ligue para (48) 9101-2705" 

                   









PS em 22/08 = VOVÓ OMA foi adotada!!

PS em 20/08/2013É com imensa alegria que comunico que a VOvó OMA ganhou 2 madrinhas que dividirão os custos de ho$pedagem e ração mensal para que ela tenha um final de vida digno!!!Meus sinceros agradecimentos à Andrea Sassaki e Tania Zink Cunha que depositarão mensalmente R$ 110,00 cada uma, todo dia 25 do mes. Qualquer despesa extra que ela tenha com veterinários etc, eu mesma assumirei. OBRIGADA obrigada obrigada!!!!!
Só gostaria de salientar que as ho$$pedagens em FLORIPA também estão lotadas,  logo, se ela conseguir uma casa de família para ficar, muito melhor para ela que mal consegue comer....e ainda libera as pessoas para ajudarem outros casos (São tantos!)...Então, se você mora numa casa, poderia cuidar dela?  Daí eu divulgo aqui. REPITO: hospedagens têm sempre muitos cães. Ela ficaria muito melhor com uma família...Continuo no aguardo até domingo (me liguem para adotá-la?  48.99619169) , quando deverei tirá-la da casa da Jane...Obrigada

domingo, 18 de agosto de 2013

LOREN e PAPOULA para adoção

Como contei ontem, LOREN saiu do Lar de Apoio. Me deu uma tristeza de ter que levá-la mas, no caminho para a ho$pedagem acendeu uma daquelas "luzes" que resolvem brilhar na hora H e .... lá fui eu levá-la para a  casa da protetora Angela Poliana, que topou cuidar dela! Sortuda a Loren. E eu também. Logo teremos novas fotos e, quem sabe, São Francisco "trabalha" para que ela seja adotada,  né? 
Preciso avisar à Poliana que a Loren AMA pegar bolinha! É o fraco dela. E verdade seja dita, depois de tudo que ela passou (em pesquisar digite LOREN e você verá tudo que esta anjinha já sofreu), é um milagre que seja tão ativa e leve uma vida normal, embora não dobre a perninha traseira.
Quanto à  irmãzinha da Léka,  já ganhou cartaz confeccionado pela querida e talentosa Juliana Sell, que a batizou com um novo nome: Papoula !
Por favor, divulguem as duas moçoilas? Obrigada



sábado, 17 de agosto de 2013

DANÇA DAS CADEIRAS e resgate da PELUDA, irmã da Léka.


Esta semana aconteceu um remanejamento involuntário dos  cães-protegidos  da minha vida, por causa de uma adoção e de ter que tirar a LOREN do Lar de Apoio, depois de 1 aninho. Para ela já era sua casa mas, também, ela já deveria ter conseguido uma família. Quem sabe agora, com exposição mais intensiva seja, enfim, adotada. LOREN abaixo e seus olhos cor de âmbar... amanhã falarei mais sobre ela! 



São muitas as novidades, mas vou contar sobre o "resgate" da cadelinha Peluda, irmã da LÉKA, que já está há 1 ano ho$pedada. Ano passado eu me comprometi de pegar a Peluda assim que doasse a Léka mas, como isso não aconteceu, ela foi ficando na família, que não tem condições de cuidar de animais...e a prova disso é o estado que ela foi pega hoje. 
Parece que tinha "donos"  ???
As vezes eu me apavoro só em pensar quantos cães que têm donos (?) não estarão nesta situação de penúria e/ou maus tratos...
Enfim, ela ficou linda, vejam! Nas fotos abaixo, Peluda, com dose dupla de Eduardos, o Nasi e o menino Eduardo Boetcher, que vai tirar todos os traumas dela, de falta de afeto. Agora é vida nova!!! Bem vinda Peluda, que eu consiga um adotante maravilhoso para você!