quarta-feira, 22 de maio de 2013

Kiara adotada "de novo" e um leve desabafo...

A linda mestiça de boxer Kiara, da protetora Rosa Elisa, foi adotada de novo. Desta vez espero que definitivo e por MUITOS anos! Ela é linda, um doce, comportada... nunca entendi a estrela dela: foi e voltou 3 vezes, por diferentes motivos. Agora vamos rezar para que seja só felicidade. 

Rosa e Verônica, as fotos são para vocês! Ela está linda e adaptada. Tem uma irmã labradora também adotada e com excesso de alegria e energia. Correm bastante juntas! Agradeço SEMPRE ao casal Gelson e Delci que além de  serem um Lar de Apoio super especial ainda conseguiram adotante na mesma rua, pertinho deles! Gratidão sempre!

A maninha dela é só sorrisos...ela estava séria. Foto abaixo a esquerda, com sua adotante.Olhem as patas cruzadas da linda !                                                                                                                           





As vezes reclamamos que faltam adotantes. Não é bem assim. 
A realidade é que faltam BONS adotantes. Que sejam responsáveis e que gostem tanto de cães como a gente. E que não queiram só os "pequenininhospeludinhosederaça"!
Para esses a fila é imensa! Embora mesmo para estes, apesar da fila, peneirando, apenas 10% dos que pedem  tem condições de cuidar. 
 As pessoas demoram a evoluir que é uma coisa de louco. 
Ano passado um senhor me disse que estava fazendo um favor pegando um cão meu, mesmo que deixasse na corrente. O pretexto dele foi o seguinte: - "é um sítio, tem bastante espaço" ... espaço que o cão acorrentado vai só ver, né? 
A velha ilusão do sítio...CUIDADO ao doarem para sítios. A maioria não é cercado e eles fogem. Pior quando ficam infestados de parasitas e NA CORRENTE! Lá isso é vida? NÃO doei o cão, óbvio.
Favor mesmo é você ver um animal na rua,  pegá-lo, levar num médico veterinário, deixar  "zero bala", vacinar, castrar e adotar! Daí sim é favor, para o animal. Pegar um já LINDO, castrado e vacinado não é favor nenhum, a menos que você pague o gasto que eu tive com o cachorro, sem contar o trabalho e o desgaste emocional. Aí sim é favor. Do contrário, você é um malvado por considerar deixar o cão 15 anos acorrentado. Isso nem é opção!  Filtra de novo!