sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Léka e sua história nada bonita


Em setembro uma moça precisou de ajuda, para abrigar duas cadelinhas.  Já havia  ajudado sendo lar de apoio de ninhadas, mas sua situação financeira ficou instável e ela precisava de um local para ambas, pois já não conseguia mais cuidar adequadamente. Claro, uma vez que já ajudou, procurou a pessoa que ajudava para ser,  dessa vez,  ajudada = uma mão lava a outra e protetores sabem disso. Só que tem gente beijando com boca alheia ou, para continuar o ditado, lavando a mão com a água dos outros...por aí. A ajuda que ela recebeu foi a frase:  "Procure a Annita" (e deu meus contatos). Prático e fácil, não? Mas feio. Feio não. Horrível e de mau gosto, ainda mais me conhecendo e sabendo como todos se desdobram em ajudar, voluntariamente. Uma pena que tenha gente assim. TODOS pedimos ajuda entre CONHECIDOS. Isso é normal, mas o que não é correto, não mesmo,  é dar o telefone e jogar nas costas de outra pessoa o problema. Publicar e pedir ajuda é uma coisa, indicar uma pessoa, se você sabe como essa engrenagem funciona, é outra. 
Quando me procuram, ajudo quando posso; gosto de ajudar e, de fato,  ajudei a moça, resgatando uma das cadelinhas, afinal, elas não tem culpa da má vontade e abuso de algumas pessoas. Quando não posso digo: sinto muito, no momento não dá, como agora. Dia desses uma moça me escreveu e, como eu dei esta resposta ela respondeu, bem malcriada: "Obrigada por NÃO ajudar, nem ao menos dando o contato de outra pessoa....."ora, vejam só,  tem MAIS gente que acha normal isso! Onde vamos parar? Para que existe o santo GOOGLE? Procure  você, mande email para seus amigos, se vire também, mas NÃO dê meu telefone. Fechei para balanço! Depois reclamam que protetores não atendem os telefonemas. Claro, os que estão há mais tempo ajudando sabem direitinho como alguns atuam e manipulam. E se afastam. E quem perde? Sempre o lado mais fraco: os animais...
Enfim, peguei uma delas, como já falei, esta fofa que não tem culpa do mundo ser como é. Está numa ho$pedagem desde setembro, mas sua irmãzinha continua passando necessidades. Alguém pode ajudar a maninha dela com Lar de Apoio, ou ajudar a doar a Léka, divulgando o cartaz abaixo? Só poderei ajudar outros quando doar uns 3...Muito obrigada!