segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Os animais e seus incríveis exemplos!

Mable, uma galinha de 1 ano, de Shrewsbury, Reino Unido, acha que é um cão e assume o papel de mãe de um grupo de cachorros. Para a surpresa dos proprietários e da mãe original (que mais brinca no quintal que dá atenção para os filhotes), Mable assume o cesto sempre que tem essa possibilidade.
Na Colômbia, uma gata adotou um filhote de esquilo que foi resgatado das ruas. Ela abraça o filhote como se fosse sua verdadeira mãe.

Essa mamãe adotou um porquinho orfão.

Cadela amamenta leãozinho como se fosse seu próprio filhote no 
zoológico de Ruchey Royev, na Sibéria. O filhote é o único 
sobrevivente de uma ninhada de quatro leões.

A labradora Lisha lambe suas crias: dois filhotes de tigres brancos. 
Mesmo sem ter tido nenhuma ninhada, as cadelas podem produzir
 leite, como foi o caso de Lisha. Ela tem dom para ser mãe. Além de adotar filhotes de tigres brancos, a fêmea também cria dois filhotes de chita.

Cadela amamenta filhotes de panda em Taiyuan, na China. 
Os bichinhos foram abandonados pela mãe após o nascimento. 
A mamãe adotiva cheira os filhotes de panda antes de amamentá-los.

Um casal de cães da raça golden retriever brincam com lontra selvagem em Pine Harbour, nos Estados Unidos. O animal foi adotado pelos cachorros depois de ser atropelado em uma rodovia. A cachorra trata a lontra como seu filhote.

A tigresa Sai Mai, do Zoo Sriracha Tiger, na Tailândia, adotou 
três porquinhos que foram rejeitados pela mãe.
Amizade poderia inspirar produtores de cinema ou criadores de desenhos animados. Em uma casa de Christchurch (Inglaterra) a cadela Daisy e o gato Hector resolveram adotar os microporquinhos Chinook, Serge, Frenchie, Biscuit, Nimrod e Manuka. Todos comem, dormem e brincam juntos, diz a dona Jane Croft. A inglesa garante que, apesar da crença popular, 
os suínos adoram andar limpinhos.