domingo, 2 de setembro de 2012

Idéia para identificar animais adotados

Todos os dias centenas de animais se perdem de seus tutores e os apelos me enchem de angústia pois o desespero dos donos é real. Mais real é o desespero dos animais, especialmente se foram criados com conforto e não têm como se defender,  nem como conseguir água ou comida. Então, apelo de novo para identificarem seus pet`s. SEMPRE. Como vários protetores, já tive muitos animais que, ao serem adotados, trocaram de nome e/ou querem uma plaquinha com seus telefones. Peço sempre para colocar o meu número também pois nossa rede de divulgação funciona em prol deles, apesar das diferenças individuais, existentes em quaisquer grupos de humanos. De uns tempos para cá, minhas placas não têm mais o nome deles, nem o meu. Assim, posso também emprestar no caso de doar cães de pessoas que não fizeram plaquinhas e eles estarão sempre seguros. Este novo jeito facilitou para mim, pois MUITOS trocam o nome do animal e perdemos uma plaquinha que, além do custo, é um  desperdício.

Fica o modelo e o apelo. 
E se quiserem adotar um cão em Florianópolis, o fone é este também. Relembro que não mantenho ABRIGO e só recolho os anjos que Deus coloca no meu caminho, para que você tenha a oportunidade de ajudar aqueles que estão no seu, pois certamente há algo a ser aprendido com cada um deles! Divulgar ajuda muito quando eles já estão em segurança. Em Florianópolis temos a DIBEA/PMF  que pode ser chamada em caso de cães enfermos. Ligue 3237 6890.

Boa semana a todos, com muitas adoções, resgates, castrações e, acima de tudo, honestidade e transparência nas ações! 
                                                                                         Até a Estrela já tem sua ID!