sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Duas "filhotinhas" resgatadas hoje

Depois de algumas confusões, do sumiço delas ontem pela manhã e do  reaparecimento, no mesmo local (cercado e enorme, que só com boa vontade ou conhecimento se veriam cães), fui hoje a tarde buscar as duas filhotas, já que ninguém mais se prontificou e eu cansada de tanto diz que me diz. Suzana Macedo foi comigo para me mostrar o lugar - Eu jamais as acharia sozinha. Tem que conhecer a área, perto do campo do AVAÍ, no bairro Carianos. Milagre terem visto as duas pequenas. E o mais estranho: foram abandonadas numa gaiola grande, com um tecido todo costurado, ou seja, houve alguma preocupação em deixá-las bem, se é que pode haver bondade em abandonar. Havia ração e água mas mesmo assim é uma crueldade. Quanto a idade, devem ter entre 5 e 6 meses pois já trocaram os caninos. São bem pequenas e bem SRD. Lembram pinscher com corpo de salsicha e orelhas imensas, engraçadas! Ontem a noite choveu, e hoje a gaiola estava envolta num plástico. Chegamos lá e elas, medrosas,  entraram na gaiola e,  assim,  as coloquei no carro 










Duas pessoas se ofereceram para cuidar delas, no Face Book, só que até a hora em que as peguei, ninguém havia me telefonado, deixando endereço ou telefone. Mas a fé, ou sorte, ou proteção, seja lá que nome podemos dar a esta incrível e providencial coincidência, quando estava levando Suzana de volta para a casa dela e convicta que elas viriam para o apto, apesar de eu estar comprometida com outra bebezinha (que está aqui do meu lado e será apresentada em outro post), o telefone toca e adivinhem! = uma jovem protetora me liga e oferece lar de apoio para as duas! Eu ainda me impressiono com essas coisas. Fui do Carianos, ainda meio confusa, pela troca rápida de planos e itinerário, para a casa da  Janine, que ofereceu um espaço em um dos enormes canis que tem em sua casa, para que elas fiquem em segurança e conforto. Abaixo fotos das lindas, de porte pequeno, para adoção. Agradeço a Janine Silveira Goedert por sua imensa generosidade em ceder um espaço e cuidar de mais duas -pois ela tem vários cães e gatos de rua-  e a Patrícia Secco Geremia por prontamente se oferecer para ser a madrinha de castração delas! Tem mesmo muita gente bacana no mundo e eu tenho sorte de conhecer cada dia mais dessa "raça boa" e assim poder ajudar cada vez mais nossos anjos com asas nas orelhas. No caso delas, grandes asas! hehe