sábado, 14 de julho de 2012

Sobre EVENTOS DE ADOÇÃO de animais/ Feiras

Leia até o final, por favor, para não ter uma ideia errada do que eu escrevi, pelo início.  Obrigada. Este texto já foi divulgado mas modifiquei algumas coisas.

Para adotantes, protetores ou doadores de animais

Não gosto de eventos de adoção. Hoje em dia, raramente levo os meus. Só se eu estiver com alguma ninhada e/ou muitos pequenos e peludinhos para doar, pois é o que mais procuram, como se beleza tivesse a ver com temperamento... 
Feiras são muito boas para doar filhotes só que uns 40%,  depois de 6 meses, são devolvidos...tem graça? A pessoa pega enquanto é fácil de doar e depois devolve já grande, quando as chances de adoção diminuem muito, no caso de SRD. Isso quando não são REPASSADOS depois para qualquer um ou fugiram (?). Eu sempre ligo para saber como estão.
Outra coisa é o horário. Acho que deveria ser somente um período, para não estressar os animais e só para verificar INTERESSE e mostrá-los. Depois de uns 2 dias, e bem pensado, eles seriam levados nas casas dos adotantes. Evitaria MUITOS problemas. Então,  deixo alguns apelos: 
- Só adote se você quer realmente e puder cuidar por uns 15 anos, jamais por impulso ou porque SEU FILHO quer: Crianças também não querem  ir à aula mas tem que ir,  não é mesmo? É por aí... animais são vidas, não brinquedinhos. 
- Se o animal não estiver castrado, CASTRE antes do primeiro cio pois evita câncer em machos e fêmeas, além de outros benefícios. 
- Se você desistir da adoção, entre em contato com a protetora que lhe entregou o animal, cujo nome e telefone deverão estar  no termo de adoção, que lhe será entregue;
- JAMAIS repasse ou descarte o animal! Seja humano;
- Mesmo que você não queira adotar, compareça para ajudar os protetores, segurando cães nas guias, pegando bebes etc. Caso você não queira contato direto, compre e doe ração, roupinhas, casinhas etc.
E TODOS deveriam levar os animais na casa dos adotantes, no final da feira, como manda o protocolo. 

Entenda: Pelo menos em Florianópolis/SC, todo o trabalho é voluntário, ou seja, cada pessoa cuida dos seus e banca as despesas deles até serem adotados. As ONG`s dão as diretrizes, promovem eventos educativos,  reunem as pessoas, divulgam, mantém os sites de adoção mas CADA PROTETOR é dono dos seus, logo, doar ou não é opção individual, e cada um tem critérios próprios. E eu sou MUITO EXIGENTE, mesmo.Se eu não gostar de sua postura, não doo e pronto. Entenda que quem pegou se apega e doar para você, é praticamente um presente que vem vacinado e castrado, na maioria das vezes. QUEM VOCÊ ACHA QUE PAGOU ESTES GASTOS? Se você não tem créditos no celular, vai comprar ração boa? enfim....critérios.

PS: Disse que não gosto de eventos de adoção? Ops...deixa eu arrumar. Normalmente são locais de encontrar amigos, conhecer os cães de cada uma, trocar idéias sobre adotantes, telefones etc. A alegria quando um animal é bem adotado, astral no alto...esta é a parte boa! Então me contrario: Não é que eu não goste. Os eventos são ótimos. É que nem sempre os adotantes correspondem as expectativas. É isso. Para rever os amigos é excelente e alguns conseguem, de fato, um lindo LAR!!!

Obrigada pela leitura, as vezes desabafar é preciso.