segunda-feira, 30 de abril de 2012

Como os cães receberam os seus donos regressados do Afeganistão!

Será que todos os familiares receberam com a mesma alegria ?! Desejamos que sim.

sábado, 28 de abril de 2012

BB para adoção, parte III

 BB é um cãozinho impressionante. De verdade.  Já cuidei de muitos bebês caninos,  mas nenhum foi tão comportado como ele.  Obediente, sério, educado, limpíssimo, com ar de sabedoria no olhar... Quando estava na casa de praia comigo, ele ia no meu quarto me acordar (eles dormem dentro de casa) para ele poder sair e fazer xixi na rua! Incrível  mesmo! Quando roía alguma coisa que não devia, era só falar para ele que ele soltava na hora e olhava com uma cara de "me desculpa?".  BB parece uma alma de cão adulto/idoso que retornou a um corpo novo. Sério. Eu cuidei dele por 15 dias, e de noite ele chorava,  sonhando. Só acalmava quando eu o pegava no colo;  ele soluçava, sentido, e  eu era capaz  de entender a dor do abandono dele. Não é exagero. Ele agora está na casa da Ana Luz. E ela também percebe isso nele, uma compreensão extrema de tudo. Quando ele queria comer, vinha para perto de mim e só me olhava. Parecia telepatia. Eu o servia, ele comia tudo e saia para brincar ou dormir de novo. Muito independente e quieto. Me apeguei a ele e o jeito foi pedir ajuda para outra pessoa cuidar dele para mim. Já tenho um número mais que suficiente no apto.  Não posso adotar outro agora e, sendo machinho, meu cão logo iria começar a implicar com ele - Coisa que não aconteceu, não sei como! Enfim, vou colocar um apelo dele, para ser compartilhado,  pois pode ser a realidade de qualquer filhote, e umas fotos que a Aninha mandou, para ajudar sua família a encontrá-lo. Eu acredito,  realmente,  que alguém o reconhecerá...




Aqui os 2 post`s anteriores dele:



Era isso. Boa sorte BB e que você  
reencontre seus amores terrenos! 



Anjos



sexta-feira, 27 de abril de 2012

Peles dos Bichos

 Com o friozinho  chegando no sul, o assunto é exatamente esse, a pele/pelos dos animais, que algumas pessoas adoram exibir, sem nenhum tipo de vergonha. Eu teria. Reconheço que há alguns anos se comprava, do mesmo modo que há alguns anos mulheres também não votavam e nem havia internet.  Evolução e consciência provocam e consolidam mudanças.
 Não fique na ignorância! 
Eu "herdei" estolas de pele (outros tempos) e fiz delas cama de cachorro de rua, numa tentativa de devolver aos animais o calor mas jamais devolveremos a vida! Não posso ostentar uma barbaridade desses nos ombros e não me conformo que em 2012, alguém consiga, sem nenhuma culpa.
Muitas vezes enfrentamos muita resistência sob a alegação: - ah mas eu tenho; estão vendendo; já estão mortos mesmo; ganhei etc...e daí? Daí que, se NINGUÉM comprar, param de matar para vender. Tão simples. 
Se você não consegue ser vegano, nem vegetariano, pelo menos NÃO use pele natural. Com tantas opções lindas de sintéticas,  hoje. Seja moderna! Desenvolver uma atitude de respeito para com a vida de todas criaturas vivas faz muito bem para a nossa. É claro que tem para vender, mas é a lei da oferta e procura. Não havendo a procura, a venda acaba....Informe-se e boicote as marcas que AINDA vendem peles naturais. Vamos melhorar o inverno dos bichos peludos, deixando-os com suas peles? Afinal, eles precisam dela para viver, nós não, pois temos outras opções de agasalhos! Neste inverno, não mate por futilidade!





quinta-feira, 26 de abril de 2012

Frases...

Recebi  estes cartazes com lindas frases sobre os animais de minha querida amiga Juliana Sell, por email, e compartilho com voces. Eu adorei.








CASOS URGENTES = divulguem muito?

Recebi estes cartazes e, por serem URGENTES, divulgo, na tentativa 
de que alguém os possa ajudar. Obrigada





Re

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Divulgando identificadores de cães e gatos

Em Florianópolis temos uma opção barata e excelente para identificar os pets, que divulgo abaixo. Em sua cidade, algum pet shop deve ter também!
É a única maneira deles voltarem para nós. 
Eles não sabem dizer onde moram, nem telefonar, então, 
cabe aos donos providenciar para que as pessoas possam ajudá-los numa emergência. 



Meus resgatados exibem a plaquinha deles com orgulho e, quando adotados, peço que  a mantenham pois temos muitas chances de encontrá-los pelo alcance da rede! 
Quando cuido de um na rua também identifico pois assim sempre sei onde está.
Tenho certeza que me agradecem por isso!

Por favor, identifique seu pet!
  



Ou você tem outros meios de encontrá-los em caso de fuga?



terça-feira, 24 de abril de 2012

MELZINHA para adoção

Vejam só como as coisas são complexas e tudo é meio entrelaçado. Há 2 semanas postei um cartaz pedindo ajuda para a Melzinha. Eu não a conhecia. Ela morava numa rua do Rio Vermelho e ninguém podia pegá-la. Me mandaram email contando o caso e eu pedi fotos. Pedi de novo, umas melhores, e me mandaram. Com estas fotos, ela ficou na minha mira e, embora ninguém pudesse resgatá-la, eu pude. Mas isso porque a Tita foi adotada e liberou o Lar de Apoio que, agora,  está com a Melzinha. - Cães sem vacina é arriscado colocar em ho$pedagens, com muitos. Não é bacana esta rede? Por isso temos que ajudar sempre a doar  um animal. No lugar dele, outro tem chance de ser resgatado. AJUDE ? Nem que seja batendo fotos e divulgando. Leia, por favor. Se não quiser ler  tudo, pelo menos o resumo que tem!

E agora o novo cartaz da Melzinha, protegida, para adoção. Tem menos de 6 kilos e é uma fofa!

Este era o cartaz antigo. Por favor, podem excluir? Obrigada


segunda-feira, 23 de abril de 2012

Tita Bonita ADOTADA depois de quase 2 anos... quem diria?


A história da Tita Bonita é um sopro de esperança e serve para registrar que temos que manter a confiança e paciência, sempre,  na hora de resgatar e assumir cuidar de um animal de rua. Sem pressa. Tem casos que não são tão simples (ou baratos), e a Tita foi um deles. De alguma maneira ela ficou "encantada" e só foi adotada pois eu garanti que ela era a companhia certa para quem tem criança e outro cão. E isso é uma verdade! Desde que a resgatei, em agosto de 2010, NUNCA me ligaram para adotá-la. Nem desta vez. Mas eu sabia, quando entrevistei ao fone,  que essa era a pessoa certa para ela. Agradeço a Amanda por te-la aceitado em sua família, mesmo que eles tivessem ligado por outra, no caso, a Rouge, que o Lar de Apoio não quis devolver (né Melyssa?).   Aí eles aceitaram a Tita e ela é infinitamente mais amiga de uma criança do que qualquer outro cão que eu tenha. Quando falo sobre ESPERANÇA e paciência é porque a Tita ficou 1 ano  e 8 meses esperando para ser, enfim, adotada, e meu vínculo com ela ficou gigantesco, de madrinha-mãe. Sei que ela nunca perdeu as esperanças, e sempre, desde que teve seus filhotinhos, se mostrou uma cadelinha feliz, querida, receptiva e dócil. Um encanto! Por isso mesmo, talvez eu a tenha (inconscientemente) segurado, na esperança de um dia ela poder ser minha de verdade...pode ser. Só que na hora que falei com a Amanda, senti uma confiança que se confirmou quando fui levá-la e conheci sua família e o AUmiguinho da Tita, o cão de 10 anos que a família possui, tão bem cuidado! No mesmo dia eles já improvisaram uma tela no portão para que ela não colocasse a cabeça (perigosamente) para fora. Isa neném ficou instantaneamente sua amiga e hoje a família toda está feliz com ela e confirmaram a adoção. Tita foi adotada no domingo passado,  dia 17 de abril de 2012.



 A Tita  sempre ficou ho$pedada ou em Lares de Apoio. E  teve alguns períodos de intensa felicidade ao lado da cadela LEONA, sua AUmiga no lar de Apoio onde ela estava, radiante,  desde outubro de 2012, de onde saiu para ser adotada!
Só me resta agradecer por todo o carinho e cuidados  que a Tita teve de todas as pessoas que cuidaram dela. Mas primeiro, a família que a acolheu, de coração e generosamente cuidou dela, por meses, a  Família da Leona: 
Gelson Pinto, Delci Botcher, Gabriele Souza Pinto e Eduardo Bone


 Neste quintal a Tita aprendeu a pegar bolinha, corria feito louca e se esfregava na terra! Ela se deslumbrou quando, depois de 1 ano ho$pedada, viu de novo a grama e teve espaço para correr.

Se todos ajudassem por um período eles ficariam tão melhor...

Agradeço à Laura Tabajara e Leila Pacheco que ao adotarem o Piloto, seu Bebê, tentaram ficar com ela mas a cadela delas não aceitou a Tita que, ciumenta, nunca deixava o Piloto brincar. Abaixo Tita e Piloto (LINDO!) na casa delas, onde ficou apenas 5 dias mas adaptou seu bebêzão na nova família, ao menos... 



Ao  Marcelo e Lia Ponton, que foram Lar de Apoio de 3 cães meus, inclusive da Tita, no inverno de 2011. Ela saiu de lá para dar lugar ao KIM . A história dele tbém está aqui no BLOG, para quem quiser conhecer:
http://www.ficacaomigo.com/2011/09/kim-chegou-assim-bebe-lindo-numa-feira.html



E meu obrigada e reconhecimento à  pessoa que mais cuidou dela (1 ano e 2 meses!),  Sônia Maria Maria, que a hospedou em sua casa. Quando a  Tita  teve seus 2 inesperados bebes, foi ela quem cuidou 2 meses da carga "extra" e  voluntariamente! Sua dedicação foi triplicada da noite para o dia, o que garantiu ao Piloto e Fredinho um crescimento saudável, além de condições para que a Tita mamãe os amamentasse em segurança e conforto. 



 A direita os 3 numa Feira de adoções do Instituto É o Bicho onde Fredinho foi adotado, aos dois meses, mas isto será em outro post, dos "meninos", que garanto que estão tão bem quanto a mammy deles!


Foi um  período de alegrias e surpresas. Não imaginávamos que ela poderia estar prenha, ela não nos contou! Mas 20 dias depois de eu deixá-la na Sônia, resgatada de uma rua do centro da cidade,  ela me liga: 
- Parabéns vovó....e eu quase caí prá trás com a notícia! Corri para lá para ver 2 machinhos enormes, não sei como ela conseguiu, sozinha, fazer o parto e tudo. Imaginem a Sônia, chegando lá e vendo a cena, em vez de uma, três!!!
 É...nem tudo podemos prever, e esse também foi um dos motivos pelos quais ela demorou para ser adotada. Não tinha como separá-la da prole sem antes ela cumprir seu papel. Enfim...Este post foi longo, mas tinha que ser. Foi 1 ano 8 meses de história,  resumidos. E isso que eu nem falei sobre todo meu carinho e amor por ela, mas como fiquei doente no dia seguinte que a doei, deixa assim -  e que ela seja, para sempre,  feliz! 


Uma foto dela na ho$pedagem, ainda  com seus bebês e outras saindo da Clínica 3 irmãos, da Luiz Delfino, cujos banhos caprichados ajudaram a deixá-la linda. A todos da Clínica, também,  meu muito obrigada!



Tita Bonita, adoro você!

sábado, 21 de abril de 2012

Bruna para adoção (parte II)

Ontem peguei a Bruninha na ho$pedagem onde ela estava há quase 40 dias, em Biguaçu. Fui buscá-la para levar para uma família do Rio Tavares mas,  por motivos que não cabem aqui, não foi adotada e voltou comigo para o apto.   Estando pertinho de mim, fica mais fácil de doar esta cadelinha linda, fofa e um tanto medrosinha. Uma bebê.
Ontem foi dia de mudanças. A Melzinha saiu das ruas do Rio Vermelho e foi para um  Lar de Apoio abençoado! UFA!
Mas o post é para agradecer,  também. Agradecer à Bete e Eva Paula da hospedagem  e especialmente à protetora Andrea Siqueira por ter cuidado da Bruna para mim, enquanto ela esteve hospedada (inclusive dando vermífugo, vacina e castração!). Agradeço ainda ao João Paulo Perez por ser um jovem tão generoso que,  aos vinte e poucos anos, resolve passar um sábado inteiro (assim como já fez outras vezes) a ajudar protetores em feiras, brechós etc, clicando nossos cães e gatos para que as chances de adoção aumentem, além de agregar uma turma maravilhosa à causa! Acreditem, para que sejam adotados,  BOAS FOTOS fazem toda a diferença! Confiram as da Bruna, abaixo. Tenho certeza que ela será adotada rapidinho, antes de eu me apegar muito, afinal, aqui no apto a convivência é intensa...
Com vocês, BRUNA, castrada, vacinada, em fotos de João Paulo Perez, aos 4 meses. Não é linda?