terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Lealdade canina

Cadela espera pelo dono que morreu, em porta de hospital do ES


Uma cadela apelidada de "Princesa" acompanhou o dono até o Hospital São Lucas, em Vitória, depois que ele foi atropelado, há duas semanas. O dono acabou falecendo e a cadela permaneceu esperando o retorno dele, na porta do hospital, abrigada embaixo de um banco, até segunda-feira (19), quando uma senhora a levou para um abrigo de animais.


O vendedor Jackson Oliveira,que trabalha em frente ao hospital, contou que a cadela apareceu no local há duas semanas, seguindo a ambulância que socorreu o dono, após o acidente. Ela ficou esperando que ele voltasse desde então, abrigada debaixo de um banco, na área externa da unidade de saúde.
"Ela recebeu cuidados do pessoal do hospital e das pessoas que moram aqui na rua também. Eles deram ração e água para ela e ainda colocaram um paninho sobre um papelão para ela ficar aquecida", disse.
De acordo com o hospital, uma senhora que cuida de um abrigo para cachorros levou a cadela nesta segunda-feira (19) para o local. O endereço do abrigo não foi divulgado.

História que lembra filme

A lealdade de cachorros para com os seres humanos já foi retratado em livros e filmes de Hollywood. O longa mais recente, "Sempre ao seu lado", com o ator Richard Gere, também é baseado em uma história real, que aconteceu no Japão.

Na adaptação para os cinemas, o cachorro Hachiko, da raça Akita, todos os dias ia até uma estação de trem com seu dono e o esperava retornar do trabalho. No entanto, um dia o dono acaba falecendo e não volta, mas o cão continua esperando no local.
A história virou notícia no país inteiro e foi usada em escolas para ensinar às crianças a importância da lealdade entre amigos.

Fonte: Do G1 ES, com informações da TV Gazeta/  Foto: Reprodução/TV Gazeta

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo (a) ao sistema de comentários do Blog Ficacãomigo.
Todo e qualquer texto publicado é de exclusiva e integral responsabilidade de quem o fez, uma vez que publicamos textos de terceiros, cuja fonte sempre é citada. Os de autoria da proprietária do BLOG não contém fonte. Em caso de abuso ou crime, reservamo-nos o direito de usar os dados disponíveis no servidor para rastrear. a autoria e acionar os meios legais competentes.