sábado, 6 de agosto de 2011

Vídeo e a história da TITA, uma cadela especialíssima. ADOTE !

video
Mesmo com o vídeo, feito por LIA PONTON, que apresenta a TITA lindamente, ela merece umas palavras, muitas frases de elogio e compaixão, por estar de parabéns. É, parabéns!
Este mês, no dia 12,  completa 1 ano que está aguardando um adotante. Está  numa ho$pedagem paga que, embora seja boa, tem outros 15,  e ela realmente precisa de carinho e um cantinho só dela. Quem não precisa, né?

E abaixo desta foto,  a história dela, de como a resgatei, um dos raros casos que assumi,  sem eu mesma ter visto:


 Em agosto de 2010, a irmã de uma adotante de uma poodle minha me ligou que havia uma cadelinha no centro da cidade,  muito mal, há dias. Ela segurou a Tita, um amigo buscou e deixou na ho$pedagem pois eu estava no trabalho. Assustada, sujinha, trêmula, quieta, de olhos tristes. Parecia estar doente. Fiz exames nela, inclusive Raio X  e nada foi constatado, mas não podia ser castrada pois não parecia bem de saúde. Em 08/09 me liga a moça da ho$pedagem, assim:  "Parabéns Vovó"....como?  Corri para lá.
 E ela estava com 2 bebês, amamentando, bem sorridente. Vejam as fotos dela, feliz com os bebês e quando a peguei, ainda triste.


E ela foi  uma mammy de primeira!
Amamentou e cuidou de seus bebês maravilhosamente, e a dona da ho$pedagem também foi maravilhosa, aceitando essa "carga" extra. Cuidar de bebês não é fácil.

Em novembro doei o Fredinho, o amarelinho....Coração de protetora sofre....
Senti com ela a ausência do primeiro bebê e decidi que o outro iria ser adotado junto com ela. E assim foi. Uma família maravilhosa adotou o Piloto e a Tita em abril e lá se foram os dois, mas ela e a cadela da família, imensa, não se deram bem. Tita não deixava a outra chegar perto do Piloto, com ciúmes. Foi muito penoso, mas tive que pegá-la de volta e ele ficou. Aliás, está muito bem adotado! 
Então a Tita, mesmo com seu temperamento alegre e carinhoso, ainda está para adoção, pois nunca me sinto tranquila para doá-la. Depois de 1 ano a gente se apega, mesmo não estando todos os dias perto. Gostaria de doá-la para algum conhecido, que more na ilha, perto de mim,  porque vou querer visitá-la, afinal, só um desalmado não se apegaria depois desse tempão cuidando dela. 
Que São Francisco e você, que leu até aqui, a ajude a ter uma família linda. 
Pode ser filha única. É dócil com bebês, crianças e outros cães.
Boa sorte TITA BONITA!