quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

CUIDADO! Muitas cobras em Floripa, especialmente a CORAL


No estado de Santa Catarina as cobras peçonhentas mais comuns são a Coral verdadeira, Jararaca, Jararacuçu e Cascavel. Dado atualizado em 14.nov.2019 pela oordenadoria de Gestão Ambiental – CGA


“Ao avistar animais que apresentem qualquer situação de risco, o correto é acionar o serviço especializado dos bombeiros, que realizarão o manejo e transporte de maneira segura”. Vale ressaltar que a agressão a qualquer animal é crime ambiental, conforme artigo 32 da Lei nº 9.605, de 1998, com pena de três meses a um ano de detenção e multa.

"A única maneira de diferenciar a coral verdadeira da coral falsa é pela dentição. A coral verdadeira possui dentição do tipo proteróglifa, ou seja, possuem dois dentes que inoculam veneno na parte anterior do maxilar superior." 

ou seja, as cores e formas podem variar muito  (veja as fotos abaixo) e elas serem VERDADEIRAS.
Não se arrisque!





Leia mais AQUI, de onde foi copiado, na integra, o texto e imagens abaixo


Herpetofauna – Coral verdadeira e coral falsa

A coral verdadeira é venenosa?

As corais verdadeiras são peçonhentas, ou seja, venenosas. Ela é conhecida como a serpente mais venenosa do Brasil, e pode até mesmo ser comparada às najas.
Um indivíduo adulto de coral verdadeira tem peçonha suficiente para matar um boi de 500 quilos. O veneno que ela inocula na presa se espalha com muita facilidade pelo corpo da vítima e atinge o sistema nervoso.
Nos humanos esse veneno pode causar problemas respiratórios, fechamento involuntário dos olhos, dormência e pode levar um humano adulta à morte em poucas horas. O tratamento deve ser realizado com soro antielapídico imediatamente após a picada.

Coral verdadeira – Calliophis bibroni
Coral verdadeira – Hemibungarus calligaster
Coral verdadeira – Micruroides euryxanthus
Coral verdadeira – Micrurus corallinus
Coral-verdadeira-Micrurus-diastema

Picada de cobra-coral
Para inocular o veneno, a coral verdadeira necessita ficar em contato com a vítima para que a peçonha seja transferida através dos pequenos dentes inoculadores.



Coral falsa – Anilius scytale
Corais falsas e o mimetismo

Existem algumas serpentes das famílias Dipsadidae, Colubridae e Aniliidae que são capazes de mimetizar (imitar características físicas) as corais verdadeiras. Elas usam a mimetização como método de proteção contra predadores, uma vez que nas regiões em que as corais verdadeiras estão presentes, os animais já conhecem o seu poder venenoso.
Sabe-se que a mimetização é altamente eficiente para proteção dessas serpentes já que elas, normalmente, possuem pouco ou nenhum veneno.

Coral falsa – Lampropeltis triangulum
Coral falsa – Oxyrhopus melanogenys
Qual é a diferença entre uma coral verdadeira e uma coral falsa?

A única maneira de diferenciar a coral verdadeira da coral falsa é pela dentição. A coral verdadeira possui dentição do tipo proteróglifa, ou seja, possuem dois dentes que inoculam veneno na parte anterior do maxilar superior.
Já a falsa coral pode apresentar dentição de dois tipos: opistóglifa ou áglifa. A dentição opistóglifa apresenta pouco risco para humanos por ter o dente inoculador de veneno na parte de trás do maxilar. As serpentes com dentição áglifa não possuem dente inoculador de veneno.
Muitas pessoas tentam separar as corais verdadeiras das falsas pela coloração, mas esse não é um bom parâmetro, já que as falsas podem mimetizar as verdadeiras e causar grande confusão. A única maneira segura de separar essas duas serpentes é pela dentição.

Cuidados a serem tomados

As corais atacam quando se sentem ameaçadas ou acuadas. Para evitar acidentes, alguns cuidados devem ser tomados quando estiver em locais propícios ao aparecimento dessas serpentes:
  • uso de botas de borracha ou perneiras;
  • não colocar a mão em buracos;
  • não remexer folhagens com as mãos;
  • se sentar apenas em locais verificadamente seguros;
  • se for picado, tentar manter a calma, se manter acordado e ir rapidamente ao pronto-socorro mais próximo para tomar o soro antielapídico.

Curiosidades sobre a cobra-coral

As serpentes são ovíparas, e as fêmeas têm a capacidade de armazenar o esperma do macho, sendo assim, elas podem realizar várias postura de ovos antes de se acasalar novamente com um macho.
Elas podem botar quase 20 ovos em cada vez, que em condições ótimas poderão eclodir em até 90 dias liberando as novas serpentes, que já nascem venenosas.
           ***********************************
Nota Ficacãomigo - para mim foi uma surpresa a variação da coloração das cobras corais. Eu acreditava poder diferenciar pela coloração, o que não é verdade. Muito cuidado com mitos e crenças populares!
Já doei duas cadelinhas que foram mortas por cobras corais em Florianópolis. Uma no bairro cacupé e outra na lagoa 😭😭
Ter na região lagartos, gambás e gatos ajuda muito no controle populacional desses seres peçonhentos. 



segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

Parabéns aos indianos e recado aos brasileiros

A India entende o direito de todos os seres vivos. Sabe que todos somos sencientes, racionais ou não.
Animais sentem como a gente! 

"A grandeza de uma nação pode 
ser julgada pela forma como seus animais são tratados" 
Mahatma Gandhi

Nosso solo, nossos bichos, nossa gente...👀

terça-feira, 24 de dezembro de 2019

Meu (s) desejo (s) para as festas de 2019

- que não deixem seus pets sozinhos em casa ou que os abandonem para viajar;
- que não soltem fogos;
-que sempre usem identificadores e os deixem dentro de casa neste período de fogos intensos;
- que nunca usem enforcadores em caes;
- que não considerem gaiolas como opção de "segurança"  para pássaros; 

- que jamais ACORRENTEM vidas!, nem comprem;
- q
ue os seres humanos se coloquem na pele dos animais, nossos irmãos de jornada...

Enfim, coisas que podem ser resumidas numa única palavra:  CONSCIÊNCIA. 

É isso que desejo de Natal. Boas Festas! 



quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Sobre PEDIGREE e contra criação de fundo de quintal

O texto abaixo, em itálico, não é meu. É de quem defende o direito de compra de animais. Como achei coerente,  resolvi publicar para que as pessoas entendam o que é realmente "PEDIGREE".
Sabendo que mesmo que a gente mostre os absurdos das "fabricas de filhotes" sempre vai ter quem queira comprar uma determinada raça, resolvi trazer o assunto, para reflexão.
Quer comprar? Pague caro, de lugar limpo e conhecido, onde você possa visitar TODAS as instalações, castre e cuide para toda a vida, ao menos, mas não contribua com abandonos e mais crias indesejadas, por favor. 









"Esse é um assunto muito complexo e longo para ser discutido, mas esse esquema mostra de forma bem simples como muitas raças têm se perdido devido a cruzamentos indiscriminados feitos por proprietários sem conhecimento e criadores fundo de quintal. Temos como exemplo o que aconteceu com algumas raças como pequinês, pinscher. Raramente é possível ver um cão dessas raças realmente puro e típico. 
Temos tentado insistentemente mostrar, que é bem comum produzir vira-latas através de acasalamentos de animais puros em poucas gerações. Os tipos de criação que mais contribuem para esse processo são as “caseiras, amadoras” e/ou puramente comerciais. Normalmente esses cães foram adquiridos para companhia (PET), ou mesmo são de má qualidade adquiridos preferencialmente pelo baixo valor. Claramente não são cães “show” e aptos a reprodução. Pela falta de informação dos donos e irresponsabilidade de Criadores fundo de quintal esses cães são levados a produzir filhotes de baixa qualidade.


*"O meu cão tem pedigree posso reproduzir?"

NÃO, embora um cão só seja de raça se possuir pedigree, o mesmo não garante a qualidade do exemplar se os criadores não forem éticos. Como também não garante que o animal deva reproduzir. Existem inúmeros cães atípicos registrados com faltas gravíssimas em relação ao padrão racial.



*"Mas meu cão veio de um ótimo canil, tem vários campeões no pedigree e é de excelente linhagem."  Mesmo em uma ninhada de cães campeões, o fato é que somente poucos filhotes sairão no padrão de serem usados como reprodutores para a raça. Os outros deverão necessariamente ser mantidos na qualidade "cão de estimação" e muito provavelmente o seu cão se encaixa nessa categoria “PET”

Além do que, nenhum cão deve ser direcionado para um programa de criação se não tiver muito para contribuir à raça. Deve obrigatoriamente satisfazer as exigências do Sistema CBKC e FCI, segundo o padrão da raça, tanto para conformação, como temperamento. Possuir uma genealogia de alta qualidade, para contribuir com a excelência da raça. Seja certificado apto a reprodução livre de problemas hereditários como: a displasia coxo-femural e outras doenças características da raça. 100% dos SBs devem ser radiografados ANTES de serem cruzados. Cães agressivos ou com timidez excessiva JAMAIS devem ser reproduzidos.
Um bom criador está comprometido com a preservação e aprimoramento das características corretas da raça, bem como com a saúde. Desta forma precisa estudar muito genética e o que cada linhagem pode contribuir no seu plano de criação, além de investir muito na aquisição de reprodutores capazes de transmitir essas características às próximas gerações. Sem a existência desses criadores as raças irão se perder e seus filhos, seus netos nunca saberão o que é um verdadeiro São Bernardo.
Além de ser um ato de irresponsabilidade, cruzar cães sem conhecimento pode multiplicar características fora do padrão, também propaga defeitos físicos, desvios de temperamento e doenças genéticas. Um criador ético NUNCA irá investir tempo e dinheiro para criar um cão inferior só para fazer e vender filhotes.
Qualquer pessoa que acasala animais sem saber o padrão da raça é criador fundo de quintal. Vender cães fora do padrão, atípicos e vira-latas é estelionato e é crime!

Uma das maneiras de evitar o sofrimento animal é não comprar e não "cruzar" seus animais de estimação. Só reproduza se quiser assumir as responsabilidades de criador. Se você não concorda com venda de animais e com nada que foi dito nesse texto, ADOTE. Vira-latas são igualmente lindos e adoção é um ato de amor!"





Fontes:ABPC, CBRL, Contra Criação Fundo de Quintal.

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Nina & Boris em lindo ensaio fotográfico

Nina Boris tiveram sorte: acharam uns pais maravilhosos. 
Amei ver meus anjos-adotados nesse ensaio de bebê. Obrigada sempre, Allan e Aline. Demorei tanto para compartilhar as fotos que o bebê já nasceu...tenho certeza que ele vai ser muito amado e cuidado, como Boris&Nina! Parabéns! 
Belíssimas fotos. Adorei. 

Desejo vida longa e feliz para toda a família!







segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Sou Veneza, a lindaaaa

Me deixaram por último, mas agora meu post vai ser o maior. 
(PS: ADOTADA em 18/11) 
Eu sou a Veneza, mas pode me chamar de Vê. Sou a maior da ninhada e meu porte será médio (talvez uns 15 kilos).Meu pelo é um arraso e sou mega inteligente! Como meus irmãos, estou aqui fazendo campanha porque preciso de alguém que cuide de mim, que  me dê muito amor, muito carinho e fique comigo pra sempre, mesmo que eu fique velhinha ou doente. Em troca prometo também dar muito amor e carinho além de ficar sempre ao seu lado, como todos da minha raça. A gente nunca abandona 💕! 

Se quiser me adotar, manda um whatsapp pra tia Annita no 48 999619169 (ela nunca responde na hora, tá?) Lar de Apoio também está valendo.

AUbrigada e lambeijos da linda 😊