segunda-feira, 28 de julho de 2014

Meu filho é lindo!

O lindão abaixo foi mais uma vítima de maus tratos. 
Foi  adotado pela querida Andréa Siqueira. Parabéns aos dois!
Abaixo, o relato e fotos dela, para que vocês conheçam a história de mais
um anjo. infelizmente, de muitos comprados ou doados sem critérios...

"ÁTILA - um príncipe que terá que  aprender a enxergar com a alma.

Átila foi adotado por nós há pouco mais de três anos. Tem entre oito/dez anos de idade. Foi resgatado de maus tratos. Viveu durante anos  uma vida miserável, acorrentado, como muitos de sua raça, infelizmente. Na época do resgate ele pesava apenas 3K. Além disso estava minado de carrapatos, com os dentes podres, desnutrido e com erlíquiose. 
Sim - ele é um yorkshire puro. Supostamente, teria uma vida ótima. Foi comprado, certamente,  mas ao deixar de ser novidade, foi negligenciado... É um dos muitos exemplo da falsa ilusão de que os cães de raça sempre tem uma vida boa, porque as pessoas pagaram caro por eles. Muitos que compram, repassam a guarda antes do animal ter 2 anos, é a média. A realidade do Átila foi cruel. Uma vida de privações e maus tratos, sem o mínimo afeto ou preocupação com seu bem estar. Esta foi a realidade do Atila até o resgate. Felizmente, para ele e para nós, hoje é o príncipe da casa e de nossa vida. Tem dez irmãs caninas, todas adotadas e castradas, que o amam. Mãe(eu) e vóvis super protetoras que repararam que ele estava tendo dificuldades para descer a escadinha do sofá e que, às vezes, parecia não ver algo que colocávamos na sua frente. Foi ao oftalmologista no dia 24/07/2014 e constatamos que quase não enxerga mais do olho direito e o olho esquerdo vai pelo mesmo caminho. Tem uma doença degenerativa da retina causada por uma infecção sistêmica, ou fungo, associada a uma alimentação deficiente do tempo que ainda não era da nossa família. A doença veio silenciosa e fulminante. Não há cirurgia. Ele apenas vai tomar um complexo vitamínico, mesmo assim, o prognóstico é a perda total da visão. Nosso príncipe amado está ficando completamente cego,  é cardíaco e tem problemas ns articulações... É óbvio que a gente vai ficar com ele e cuidar. Não somos do tipo que se desfaz de quem dá trabalho ou que trata os animais como objetos. Nós vamos dar mais amor, porque é isso que uma família faz! 
Família de verdade não compra, não maltrata, não negligencia, não abandona, não desiste de um membro quando ele mais precisa. Eles sofrem e se apegam... Nós nos apegamos! Então, só adote um animalzinho se você puder amá-lo por toda a vida dele (10-15 anos). Para mim é um tempo curto demais! Infelizmente, só posso dar um futuro maravilhoso para meus cães adotados, mas não posso apagar a vida pregressa deles e os efeitos que ela causou e se reflete no estado atual de saúde deles. Ah, e pra família que maltratou e não cuidou do MEU FILHO, só posso dizer que hoje ele é feliz demais, nós também, e eles perderam uma boa oportunidade de receber amor incondicional e lealdade infinita. Sinto muito por essas pessoas. Lamento mesmo. Só prejudicam um anjo em sua jornada. Por que? Nunca vou entender. Nosso príncipe é hoje amado e respeitado, como todos deveriam ser! Andréa Siqueira"



  Dormindo protegida        



 

               
                       

domingo, 27 de julho de 2014

EBA! Léka adotada, para não perdermos as esperanças!

O fim de semana passado foi um espetáculo! Meu sobrinho mais novo, o bebê da família, se formou em medicina, era meu aniversário, e foi um festerê familiar! Não bastasse isso tudo, no domingo fui levar a Léka para conhecer uma nova família e eles gostaram dela!.A foto que os encantou foi a que está aninhada num carrinho de bebê - veja AQUI. Fotos captadas num dos Eventos de Adoção da ONG É o Bicho, pela Jussara Medeiros. Creio que a Léka foi recordista de feiras, entre meus protegidos! Enfim, também gostamos da família e então, depois de quase 2 anos ho$$$pedada, Léka encontrou seus tutores e ganhou uma maninha linda e feliz, a MEL. Estão se dando bem. Essa seria a condição para confirmar a adoção. Esperemos que continuem assim, para sempre. 
Agradeço imensamente à Angela Poliana, da comunidade Adote Um Patudo Floripa, no Facebook, cujo trabalho tem ajudado muitos patudos! Quanto mais divulgação eles tiverem, melhor. Por isso, compartilhem sempre! Os adotantes a viram por lá. Agradeço, também,  aos adotantes, essas pessoas maravilhosas que abrem sua casa e seu coração para abrigar um anjo com asas nas orelhas  que foi negligenciado, ou abandonado, no passado. Rumo à vida nova, Léka querida! Que você consiga ganhar todo o carinho e cafuné que você sonha! A adoção já foi confirmada e ela já tem até planinho no Pet Shop. Tá chique, a fofa! Obrigada à todos que já a ajudaram, de alguma maneira, nos 2 anos que ela ficou aguardando seus pais. Foi tempo! Mas valeu a pena. Confiram as fotos...


 





Abaixo, fotos encaminhadas pela família, da duplinha MEL&LÉKA...
Ela se adaptando, medrosa ainda.


sábado, 26 de julho de 2014

Dia dos avós

Escolhi essas imagens da MIMOSA, por tudo que ela me ensinou e despertou. Hoje ela já é uma estrelinha, no céu dos cachorrinhos, onde, espero,  todos corram livres e felizes!














No Brasil e em Portugal comemora-se a data, escolhida em razão da comemoração do dia de  Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.
****************************************
****************************************
E a história da Mimosa  VEJA AQUI, se repete. Esta fila está num "abrigo" que pede ajuda pois não tem como cuidar de tantos...ADOTE em Floripa ou compartilhe o cartaz dela, por favor? Obrigada


sexta-feira, 25 de julho de 2014

Qual sua raça?





Diretamente da Página do Darci para conscientizar o mundo. Curte lá, é muito bacana. Tem uns recados bem pertinentes. Mariana Siebert adotou todos estes da foto abaixo. 
A linda pretamadagorda da esquerda, a PUPI, de mim. Sou grata para sempre. 





quinta-feira, 24 de julho de 2014

Correntes? Tá brincando, né?


Ando tão cansada de ver como as pessoas se recusam mudar e evoluir. Acho que uma das piores coisas do ser humano é a arrogância, que sempre vem atrelada à ignorância. Aliás, não se livrar das ditas tradições é uma burrice sem tamanho! Pessoas novas querendo contruir abrigos, não bastasse o problema que os já existentes enfrentam, e outras achando NORMAL manter animais em gaiolas ou acorrentados, em pleno 2014, me choca! Fico muito indignada com tudo isso! Por que estas pessoas não ouvem as mais experientes ou não buscam o conhecimento sozinhas, pesquisando, apenas? O texto abaixo copiei do Facebook da Patrícia Bali, atual Diretora do Instituto É o Bicho. Vale a leitura. Excelente! Se eu, que já tenho uma certa idade, pude mudar um monte, porque via o mundo de maneira equivocada, por que um jovem não pode? 
TODOS PODEMOS E DEVEMOS MUDAR, pensando e se colocando no lugar dos outros.  Animais sentem como nós!
Boa LEITURA. A lei que nos liberta.





O ser humano deve constantemente revisar seus conceitos, seus hábitos, reciclar-se; 
Nada, nem ninguém, deve cristalizar-se.
Deve além de tudo, conseguir ouvir uma opinião adversa, diálogos e debates são saudáveis, ouvir os argumentos e argumentar com coerência... se não tiver argumentos, deixar sua arrogância de lado, e pensar se o outro realmente não tem razão. É obrigação de todos auxiliar as pessoas para que consigam crescer... iluminar os cantinhos escuros de cada um é o que amigos de verdade fazem, o tempo todo...

O que tínhamos como certo ontem, hoje, a qualquer momento, pode deixar de sê-lo. 

Antigamente, era certo escravizar. Hoje esta idéia nos deixa perplexos.

Há algum tempo nem se falava em não comer carne por exemplo, hoje o número de ovolactovegetarianos sobre a cada dia... e agora ele já não nos basta isso, queremos o veganismo, que seria a única opção saudável para a harmonia de todos os seres e para a sobrevivência do planeta...



Hoje, com tudo o que se fala, com todas as informações disponíveis sobre bem estar animal, corrente em cachorro não é natural muito menos saudável. 

Natural e saudável é o bicho correr livre, num pátio seguro, sair passear, correr nas ruas e parques sempre acompanhado e com guia!

Uma pessoa de mente aberta, ouviu uma idéia diferente da sua e concordou, que realmente deve ser triste, estressante para o cão viver preso, mesmo que por alguns momentos, resolveu criar um pátio telado em seu novo sítio para seu cão ficar em segurança e mais feliz quando ele não estivesse por perto. 

Outra pessoa, mais instruída,ouviu a mesma sugestão e sentiu-se extremamente ofendida, e como se já não bastasse ter um cão vivendo nesta situação, quer mais um? Como um filhote vai se desenvolver feliz numa corrente? Mesmo com 3 metros?

Só por que seu cão tem vida de rei quando a pessoa retorna a noite pra casa, com direito a mimos, colos e caminha dentro de casa, não quer dizer que as 12 horas que passa preso todos os dias sejam felizes. 

Mais: esse cão deve rezar todos os dias pro pitbull ou rotweiller do vizinho, ao fugir, não passar por ali. Estando preso, num pátio aberto, como se defenderia? 
Ah é, seu socorro chegaria dali algumas horas.

Tele seu pátio; se não tiver recursos, tele uma parte dele. Dê segurança ao seu bichinho, afinal, alguns metros de tela com reforço embaixo pra evitar fugas, abrigo e um portãozinho...nem isso ele merece?

Todo cão merece ser feliz! 


terça-feira, 22 de julho de 2014

Da Série ADOTADOS & FOLGADOS (Estrela, Becky, Tito e Bonnie)

Porque seus tutores têm mandado lindas fotos, orgulhosos, com razão!

Nesta edição teremos a linda e doce ESTRELA,  adotada em 2013 pela dedicada Tânia Zink Cunha; Becky,  minha fofa e eterna bebê, no apto de sua segunda adotante,  a alto astral Ana Lúcia Fernandez;  Tito, adotado em 2010, e Bonnie, adotada em 2012, ambos pela família do João Paulo Perez que volta e meia resgata um anjo da rua, como o bebê da foto, ao lado do Tito, para adoção. Agradeço pelos cuidados e respeito que todos têm pelos seus filhos caninos, hoje meus afilhados.

        Fotos 1 e 2 =   Estrela. Sem comentários!


Foto 3 = Becky escondida...
 ...ouvindo os barulhos da rua e espalhando as almofadas!

 Tito,  com este bebezinho lindo que está para adoção...
 E Bonnie, hoje Jabulane, com a Manuela, irmã do João.
Agradeço pelas lindas e atuais fotos dos nossos anjos com asas nas orelhas, ADOTADOS, encaminhadas com muito amor!




domingo, 20 de julho de 2014

Feliz dia do amigo!

Representado, abaixo, pela mais bela forma de amizade, com fotos da galerinha da Mariana Siebert, que adotou a minha afilhada PUPI em 2009, e mais esses tantos. Todos bem cuidados, lindos, protegidos e amigos. 
Que os humanos possam ser - e ter - 
amigos leais como os animais!
  

 Eu sou muito querida, aguentando essa folgada em cima de mim...